Locais

 

Região dos Rios

 
 
Região dos Rios
Região dos Rios
Google Imagens

Ninguém nunca alcançou a fonte das impetuosas água. Poderia a Cothica estar onde tudo começa?

Background

Com uma paisagem formada por penhascos irregulares, aterros rochosos e encostas íngremes, a Região dos Rios é uma dos motivos da riqueza do Outro Mundo. Diversos rios e corredeiras fluem pela Região dos Rios, esculpindo as formações rochosas criando cânions como o Desfiladeiro do Rio de Pedra, todos convergindo no efluente selvagem de correnteza violenta com várias cachoeiras com foz no Lago Ken-I-Po.

Na Perim Pré-histórica, porém, como visto primeiramente em Heróis de Ontem, em Segredos da Cidade Perdida, as coisas eram muito diferentes. A Região dos Rios costumava ser uma floresta temperada com altos coqueiros e diferentes tipos de samambaia verdes e exuberantes e até mesmo com pequenos arbustos de Solano-azul com suas flores roxas, e leitos de rio azul cristalinos, calmamente moldados por pequenas cachoeiras, naturalmente ornamentados por pequenas pedras ao longo de seus cursos.

Perim
Região dos Rios
Google Imagens
Região dos Rios
Região
Outro Mundo
Raridade
Incomum
Iniciativa
Sabedoria

A Região dos Rios se comunica com as Criaturas e suas plácidas águas as recompensam curando sempre que, em tributo, um ataque aquático é realizado. Aqui, a Criatura mais sábia tem o privilégio de atacar primeiro.

Base de Operações de Erak’tabb
Região dos Rios<br />Base de Operações de Erak’tabb
Google Imagens
Região dos Rios
Base de Operações de Erak’tabb
Região
Outro Mundo
Raridade
Raro
Iniciativa
Sabedoria

Na Animação, durante a Invasão M’arrillian, a fim de maximizar a inundação causada pelo derretimento das montanhas congeladas das Geleiras, Perim teve de ser parcialmente remodelada e, para isso, os M’arrillians precisaram construir barragens em locais estratégicos. Erak’tabb, um Capitão M’arrillian, estabeleceu uma base de operações na Região dos Rios tanto para supervisionar a construção quanto para manter terreno e prevenir que o trabalho fosse desfeito, caso a Aliança Tribal decidisse atacar.

A imundície das águas perturba o equilíbrio das Criaturas exigindo um sacrifício não-negociável na forma de um Mugician. Além disso, a corrupção dos M’arrillians subverteu a harmonia da Região dos Rios para que ela parcialmente proteja a eles e seus Servos de danos recebidos. Porque apenas o aspecto físico da Região dos Rios foi alterado, a mais sábia das Criaturas mantêm o privilégio de atacar primeiro.

Resíduos Abandonados
Região dos Rios<br />Resíduos Abandonados
Google Imagens
Região dos Rios
Resíduos Abandonados
Região
Outro Mundo
Raridade
Comum
Iniciativa
Menor Número de Elementos

Após a derrota de Aa’une, os M’arrillians remanescentes fugiram para as Portas das Minas Profundas deixando todo dano causado para trás. A Região dos Rios se tornou um lugar feio e desolado… Mas em um esforço coletivo, como visto durante os eventos de Elementar, Rellim, o Zelador da Região dos Rios, Hune Canin, Najarin, Garv, Zelador do Lago Morn e a Serva da Água, Unda, em uma aparente visita ao Outro Mundo, conseguiram destruir as barragens dos M’arrillians e, mais importante, purificaram a água para que a vida pudesse novamente retornar à região.

O trabalho árduo feito nos Resíduos Abandonados é analogamente representado por vasculhar uma caixa de ferramentas à procura de uma específica para um determinado problema. Aqui, a Criatura com a menor afinidade elemental tem o privilégio de atacar primeiro, representando o esforço daquele mais desmotivado mesmo após um evento devastador.

Na Animação
Participações

A Região dos Rios aparece, em Perim ou em Chaotic, nos seguintes episódios: